Janeiro de 2012

Uma biografia de Maria Bonita, todos os romances de Machado de Assis em hipertexto, livro sobre a história do design gráfico no Brasil, fechamento de livraria tradicional, chegada de nova editora ao país, as crônicas do jovem Drummond, a ruidosa despedida de Rita Lee dos palcos e uma foto até então inédita de Tim Maia de cuecas foram alguns dos principais assuntos em janeiro de 2012.

► Dois anos após inundação São Luiz do Paraitinga está 80% reconstruída – http://migre.me/7nabM

► Apenas sete habitantes vivem em cidade fantasma no sertão do Ceará – http://migre.me/7nzkk

► Romances de MACHADO DE ASSIS em hipertexto – http://migre.me/7oLX4

••► Poemas de GREGÓRIO DE MATOS em hipertexto. http://migre.me/7oLXG

► Centro histórico de Salvador entra na lista dos sítios do patrimônio mundial em risco. – http://migre.me/7okMD

► DC Comics lança obras de quadrinistas brasileiros. http://migre.me/7pdjJ

► Documentário celebra dez anos de Cidade de Deus. http://migre.me/7suwf

► Rainha do cangaço MARIA BONITA ganha estudo da neta em seu centenário. http://migre.me/7sUf1

► Polícia prende acusado de roubar óculos de LAMPIÃO após pedido de resgate. http://migre.me/7uASJ

► Após 40 anos, Livraria Camões anuncia fim das atividades. http://migre.me/7uBXG

► Bom momento do Brasil motiva chegada de editora portuguesa. http://migre.me/7wgEf

► Megalivro revê a história do design gráfico no Brasil. http://migre.me/7GxGx

► O despertar de CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE. http://migre.me/7DMnO

► As primeiras crônicas do jovem DRUMMOND. http://migre.me/7DMo8

► Secretaria de Segurança Pública de SP exalta “Revolução” de 64 em página oficial. http://migre.me/7HDZl

••► O CRUZEIRO, como grande parte da imprensa da época, apoiou e festejou o golpe de 64. http://migre.me/7HFsO

► Aos 88 anos, PAULO VANZOLINI, cientista e embaixador do samba paulista, ganha o devido reconhecimento. http://migre.me/7GrT0

► No dia 22 de janeiro, RITA LEE anuncia aposentadoria dos palcos durante show no Rio de Janeiro. http://migre.me/7DMmo
Dia 29 – Rita Lee é detida após show em Aracaju http://migre.me/7IBOI, mas foi logo liberada http://migre.me/7IBQ0
Dia 30 – Marido de Rita Lee lembra prisão de 1976 e ajuda de Elis Regina. http://migre.me/7KCST
Dia 31 – Governador de Sergipe diz que não vai processar Rita Lee. http://migre.me/7KCSk

► Quase 14 anos depois de sua morte, surge uma foto de TIM MAIA apenas de cuecas e camisa rasgada. A imagem se espalha pelo Facebook e logo é censurada pelos “procuradores de Tim Maia”. Sandro Fortunato, editor do Memória Viva, comenta em seu blog no texto Retrato do Grão-Mestre Varonil » http://migre.me/7IMjf

* * * * * * * *

 Falecimentos

► 03/01 – Morre a poeta e militante BEATRIZ RYFF. http://migre.me/7oySR

► 15/01 – Morre, aos 91 anos, SEU TEODORO um dos mestres da cultura popular do Distrito Federal. http://migre.me/7ylzl

► 16/01 – Escritor BARTOLOMEU CAMPOS DE QUEIRÓS morre aos 66 anos. http://migre.me/7yJcw

► 16/01 – Morre em São Paulo diretor de teatro FERNANDO PEIXOTO. http://migre.me/7yjJC

► 17/01 – Morre a cantora CARMINHA MASCARENHAS. http://migre.me/7zrDr

► 30/01 – Cineasta LINDUARTE NORONHA morre em hospital de João Pessoa. http://migre.me/7JQd6

* * * * * * * *

Efemérides, homenagens e destaques do Memória Viva

01/01 – 86 anos de MARIA DELLA COSTA
••► Álbum com 15 fotos da atriz » http://migre.me/7mTkc

06/01 – 414 anos da Fortaleza dos Reis Magos em Natal (RN)
••► Veja álbum especial preparado pelo Memória Viva » http://migre.me/7qJSW

9/01 – 92 anos do nascimento de JOÃO CABRAL DE MELO NETO
► JOÃO CABRAL recitando trecho de Morte e Vida Severina . http://migre.me/7suuZ
Morte e Vida Severina em desenho animado. http://migre.me/7suvz

••► [na íntegra] Entrevista de CLARICE LISPECTOR a´O Pasquim (1974) http://migre.me/7wuWG

••► 18/01 – 78 anos do nascimento de MAURO GONÇALVES, o ZACARIAS » http://migre.me/7AjAj

19/01 – 30 anos da morte de ELIS REGINA
► “Geniosa”, “exigente” e “kamikaze”, ELIS REGINA morria há 30 anos. http://migre.me/7AvQe
► ELIS REGINA: uma “garimpeira” da música brasileira. http://migre.me/7AvRp
► Para historiadora, ELIS REGINA representa uma síntese da MPB. http://migre.me/7AvS0
► A falta que ELIS faz. http://migre.me/7AvSs
► Aniversário de morte de ELIS REGINA vai render lançamentos e reedições. http://migre.me/7AvSN
► Mostra multimídia marca os 30 anos da morte de ELIS REGINA. http://migre.me/7yjJV
► Discos e livros lembram vida e músicas de ELIS REGINA. http://migre.me/7yjKw

19/01 – 70 anos do nascimento de NARA LEÃO
► A lição de NARA: não é preciso gritar para fazer barulho. http://migre.me/7AsKe
► Site oficial de NARA LEÃO » www.naraleao.com.br
••► NARA LEÃO em 17 momentos » http://migre.me/7AuUL
••► [na íntegra] Entrevista de NARA LEÃO a’O Pasquim (1969) » http://migre.me/7AsKu

► Em 20/01/1866 nascia EUCLIDES DA CUNHA. Baixe Os Sertões e outras obras de sua autoria. http://migre.me/7Bi2D

► Em 20/01/1951 era inaugurada a TV TUPI do Rio de Janeiro. Baixe o livro que conta sua história. http://migre.me/7Bidu

22/01, 35 anos sem MAYSA.
••► MAYSA em entrevista a’O Pasquim (julho de 1969) » http://migre.me/7KI8x

25/01 – 85 anos do nascimento de TOM JOBIM
► Documentário musical abre o ano TOM JOBIM nos cinemas. http://migre.me/7zsmP
••► TOM JOBIM em 20 fotos » http://migre.me/7Fzrr

25/01 – 458 anos de SÃO PAULO
••► SÃO PAULO ANTIGA – 38 imagens dos séculos XIX e XX » http://migre.me/7FEM1
► Conheça SÃO PAULO por meio de suas ruas (anos 50, 60, 70 e 80) http://migre.me/7ECyt
••► 50 fotos para mostrar que SÃO PAULO continua linda no século XXI. » http://migre.me/7FPJa

► 27/01 – WALDIR AZEVEDO, 89 anos – www.waldirazevedo.com.br

► 30/01 – Centenário de HERIVELTO MARTINS será comemorado em poucos eventos. http://migre.me/7Jzlk

 

Zabé da Loca e Zé de Cazuza no “Metrópólis”

O programa Metrópolis, da TV Cultura, exibe, a partir desta segunda, 1º de fevereiro, às 21h35, na TV Cultura, uma série de reportagens sobre a cultura popular da cidade de Monteiro, sertão do Cariri, na Paraíba.

O programa apresenta a origem da cidade histórica, com casarios de mais de cem anos e depoimentos marcantes de personagens locais pitorescos. Caso de Zabé da Loca (foto), uma mulher que morou durante 25 anos dentro de uma pedra e criou seus filhos praticamente sem recursos. Aos sete anos, aprendeu a tocar pífano e hoje faz shows pela cidade.

A matéria traz outra figura bem conhecida na região: Zé de Cazuza, considerado o computador do Nordeste. Ele guarda em sua memória mais de 20 mil poemas que só existem no “hd de seu cérebro”. Lenda viva na região, Zé declama poemas, faz prosa e conta histórias da cidade de Monteiro. Já editou um livro – Poetas Encantadores –, no qual ele colocou poesias e declamações dos principais poetas do sertão do Cariri.

Informações da TV Cultura

Flipoços promove concurso de poesia

Poços de Caldas (MG) mudou o nome de sua feira do livro para Flipoços. A edição deste ano, que será a quinta, acontecerá de 24 de abril a 2 de maio.

A Flipoços está promovendo um concurso nacional de poesia. As inscrições estão abertas até 31 de março. O objetivo é lançar um livro com as 40 poesias vencedoras, em agosto, durante a Bienal do Livro de São Paulo.

Mais informações e regulamento no site do evento.

Cora Coralina: Coração do Brasil

cora2.jpgSão Paulo – No ano em que comemoramos os 120 anos de nascimento da escritora Cora Coralina, o Museu da Língua Portuguesa presta sua homenagem a esta grande artista nascida na Cidade de Goiás (GO) com a exibição da mostra Cora Coralina: coração do Brasil.

Mesclando imagens do universo pessoal de Cora (como o mítico casarão da ponte e os doces por ela feitos) a trechos de suas poesias, a mostra exibe documentos inéditos da autora, como diários e originais de seus livros. Os visitantes também poderão assistir a um vídeo com declarações da própria Cora Coralina.

Alguns dos destaques são o caderno no qual Cora colocava fotos da sua cidade natal e, para cada uma das imagens, escrevia um poema diferente, e o livro de receitas da escritora. Os cadernos foram emprestados por Vicência Brêtas Tahan, filha de Cora. O restante do acervo pertence ao Museu Casa de Cora Coralina, que fica na cidade de Goiás.

SERVIÇO
Cora Coralina: Coração do Brasil
Até 13 de dezembro
Museu da Língua Portuguesa
Praça da Luz, s/nº – Centro – São Paulo – SP
De terça a domingo, das 10h às 18h. Não abre às segundas-feiras.
Ingressos: R$ 6 – Estudantes com carteirinha pagam meia-entrada. Professores da rede pública com holerite e RG, crianças até 10 anos e adultos a partir de 60 anos não pagam ingresso. Aos sábados, a visitação é gratuita.
Mais informações: (11) 3326-0775

João Cabral de Melo Neto

joaocabral.jpgO programa De Lá Pra Cá desta segunda, 28 de setembro, fala sobre o poeta e diplomata João Cabral de Melo Neto. Membro da Academia Brasileira de Letras e da Academia Pernambucana de Letras, João Cabral criou um estilo único, propôs uma estética nova e influenciou várias gerações dos anos 50 e 60. Recebeu inúmeras honrarias pelos seus vinte livros publicados, dentre elas os prêmios Jabuti e Luis de Camões. Este último, considerado o mais importante prêmio concedido a escritores da língua portuguesa.

Para debater a obra e o legado de João Cabral de Melo Neto, o De Lá Prá Cá convida o poeta Ferreira Gullar e o crítico literário José Castello.

De Lá Pra Cá vai ao ar hoje, às 22h, na TV Brasil e também pode ser assistido pela web nos seguintes endereços: www.tvbrasil.org.br e www.tvu.ufrn.br (em tela cheia).

O programa será reprisado no próximo domingo, 4 de outubro, às 18h.

Cora Coralina

cora.jpgO programa De Lá Pra Cá desta segunda, 21 de setembro, fala sobre a grande poetisa brasileira Cora Coralina. Para debater a obra literária da escritora, o programa convida a atriz Tereza Seiblitz; a presidente da Associação Cora Coralina, Marlene Vellasco; a cantora Elenizia da Mata; a professora de literatura e escritora, Darcy Denófrio; e o professor e sobrinho neto de Cora, Paulo Sérgio Bretas Salles.

Cora Coralina nasceu no Goiás Velho, cidade desbravada pelos bandeirantes à procura de ouro. E esse é o principal tema de suas poesias. Cora foi uma mulher simples, doceira e que escreveu versos comoventes, sendo bastante elogiada por Drummond. Ao completar 50 anos, deixou de atender pelo nome de bastimo, Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, e a passou a usar o pseudônimo Cora Coralina que escolhera pra si muitos anos atrás.

De Lá Pra Cá vai ao ar hoje, às 22h, na TV Brasil e também pode ser assistido pela web nos seguintes endereços: www.tvbrasil.org.br e www.tvu.ufrn.br (em tela cheia).

O programa será reprisado no próximo domingo, 27 de setembro, às 18h.

Patativa do Assaré é homenageado no Senado

Brasília – O poeta Antônio Gonçalves da Silva, o Patativa do Assaré, recebeu várias homenagens no dia de ontem 3 de junho, no Senado Federal. O ano de 2009 marca seu centenário de nascimento.

Durante a Sessão Deliberativa, iniciada pouco depois das 14h, houve pronunciamentos de vários senadores e o lançamento do livro Patativa do Assaré – Poeta universal, organizado pelo senador Inácio Arruda. Às 18h30, aconteceu apresentação dos violeiros Roque José e Lindalva Dantas, dos emboladores de coco Elias Ferreira e Daniel Ramos dos Santos e do poeta Gonçalo Gonçalves no Auditório Senador Antonio Carlos Magalhães. Em seguida, foi exibido o documentário Patativa do Assaré – Ave Poesia, dirigido por Rosemberg Cariry.

Durante a Sessão, o cantor Fagner cantou Festa da natureza e Vaca Estrela e Boi Fubá ,da tribuna do Plenário, e disse que “só quem não sabe quem é Patativa do Assaré é a Academia Brasileira de Letras (ABL)”. O senador Mão Santa (PI) disse que a obra grandiosa do trovador dá a seu autor a legitimidade para ser chamado de “pai-d’égua”, ou seja, alguém de grande capacidade. Esse adjetivo ocorreu ao senador ao se lembrar de uma visita ao Ceará, em 1960, do já ex-presidente Juscelino Kubstcheck, quando foi saudado por um nordestino simples como “presidente pai-d’égua”.

O senador Eduardo Suplicy (SP) destacou que Triste Partida, do poeta cearense, é uma das canções preferidas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que a considera uma das mais belas obras do cancioneiro brasileiro. A música, composta por Patativa de Assaré e gravada pelo cantor Luiz Gonzaga em 1964, marca a retirada de nordestinos para São Paulo, a exemplo do que ocorreu com Lula, que, aos sete anos de idade, saiu com a família de Caetés em busca de seu pai, que residia no estado. O filho de Patativa, Geraldo Gonçalves de Castro, também participou das homenagens ao pai, junto com o prefeito de Assaré, Francisco Evanderto Almeida.

O poeta – Antônio Gonçalves da Silva, o Patativa do Assaré, nasceu no dia 5 de março de 1909, em uma pequena propriedade rural localizada no município de Assaré, no sul do Ceará.

Frequentou a escola por aproximadamente quatro meses, em 1921. Agricultor, em 1922 já atuava como versejador em festas, e a partir de 1925, quando comprou uma viola, deu início à atividade de compositor, cantor e improvisador. Em 1926 teve um poema publicado no Correio do Ceará. Seu primeiro livro, Inspiração Nordestina, seria lançado somente em 1956. Em 1978 publicou o livro Cante Lá que Eu Canto Cá, e em 1979 iniciou, com Poemas e Canções, a gravação de uma série de discos, entre os quais se destacam Canto Nordestino (1989) e 88 Anos de Poesia (1997). Faleceu em 8 de julho de 2002.

Documentário – A exibição do documentário Patativa do Assaré – Ave Poesia encerrou a homenagem. Filmado entre os anos de 1979 e 2006, o documentário foi finalizado em 2007. O filme do cineasta Rosemberg Cariry resgata a figura de Patativa, um autodidata que frequentou a escola apenas por poucos meses, mas aprendeu nos livros, nos cordéis, nos jornais e nas revistas a dominar a língua para, através dela, expressar o mundo de poesia que habitava dentro dele.

Além de mostrar o poeta, o filme mostra o trabalhador na roça e no cotidiano com a família e com os amigos. A história começa a ser narrada pelo fim: com imagens do velório de Patativa. A partir daí, Rosemberg percorre a vida do poeta, mostrando acontecimentos pessoais e históricos e destacando a relevância da obra poética do homem que nasceu Antônio Gonçalves da Silva, mas que foi imortalizado como Patativa do Assaré.

O documentário estreou em algumas praças no dia 22 de maio. Veja o trailer.

Informações da Agência Senado (Roberto Homem)

 

Inscrições no edital do Programa do Patrimônio podem ser feitas até terça

Brasília – Pessoas que desenvolvem atividades para preservar o patrimônio imaterial brasileiro podem inscrever seus projetos no Edital do Programa Nacional do Patrimônio até o dia 19 de junho. As atividades precisam documentar ou melhorar as condições de sustentabilidade dos saberes, modos de expressão, festas, rituais, celebrações, lugares e espaços que abrigam práticas culturais coletivas vinculadas às tradições das comunidades afro-brasileiras, indígenas, ciganas e de descendentes de imigrantes, entre outras.

Os recursos disponíveis no edital são da ordem de R$ 735 mil. Mais informações no endereço www.iphan.gov.br.

Informações da Agência Brasil